vidro para brisas rachado

Como fazer a reparação do vidro para-brisas rachado?

Se circula diariamente nas estradas portuguesas, sabe que a probabilidade de furar um pneu é a mesma de ficar com o vidro para-brisas rachado.

Estes imprevistos podem acontecer a qualquer pessoa. Como tal, neste artigo vamos tirar todas as dúvidas sobre como deve realizar a reparação de um vidro automotivo. Continue a ler artigo!

 

Como pode ficar com o vidro para-brisas rachado?

 

  • Pedras ou detritos presentes na faixa de rodagem

Pedras ou detritos na faixa de rodagem são dos principais causadores de fissuras no vidro para-brisas.

Quando um veículo circula a uma velocidade acima da média numa auto estrada, os detritos no pavimento são lançados com grande velocidade para o veículo que circula na sua retaguarda atingindo componentes como os para-choques, o para-brisas e os faróis de nevoeiro, até eventualmente partirem.

 

  • Detritos largados de transportes de areias

Os camiões que transportam areias e outros compostos rochosos devem estar cobertos para evitar a fuga de pedras para a faixa de rodagem.

Alguns toldos destes camiões permitem a fuga de pedras que podem parar no veículo e resultar num vidro para-brisas rachado ou até mesmo numa escova limpa para-brisas danificada.

 

  • Choque térmico

O choque térmico dá-se quando a temperatura do vidro muda repentinamente e causa uma rachadura no vidro para-brisas.

Por exemplo, quando um veículo se mantém estacionado durante um dia inteiro ao sol e de repente se liga o ar condicionado numa temperatura bastante inferior, dá-se um choque térmico e pode levar a uma rachadura no para-brisas.

 

reparação de vidro automotivo

 

Posso conduzir com o vidro para-brisas rachado?

Não deve conduzir com o vidro para-brisas rachado, dado que pode colocar em risco a sua segurança e a dos restantes passageiros que circulam no veículo.

Se tiver um para-brisas rachado deve dirigir-se ao seu mecânico de confiança ou a uma oficina especializada na reparação de vidros automotivos.

 

Como fazer a reparação do vidro para-brisas rachado?

 

A KROFtools relembra que os Kits de reparação do vidro para-brisas rachado apresentados nos pontos seguintes só devem ser utilizados por técnicos especializados.

 

1. Utilizar um kit de reparação de rachaduras no para-brisas

Este kit possui um líquido reparador que coloca a rachadura invisível e segura até que consiga chegar ao seu mecânico ou a uma oficina especializada.

Este kit de reparação de rachaduras no para-brisas custa cerca de 10 euros.

A KROFtools recomenda que este kit seja utilizado apenas como uma solução de recurso e não como uma solução permanente.

 

2. Utilizar um kit de reparação de ventosas e películas

Pode optar por colocar um outro kit de reparação de ventosas e películas para reparar o vidro rachado do carro.

Neste kit as ventosas são colocadas no local da fissura e é preenchido o rasgo com o líquido reparador.

De seguida, coloca-se uma película para tapar o furo e deixa-se ao sol durante 20 minutos.

Esta solução custa cerca de 100 euros, mas permite ao condutor circular alguns quilómetros extra.

 

kroftools-subscrevernl

 

Que ferramentas se deve utilizar para remover o vidro para-brisas?

 

Quais os perigos de conduzir com o vidro para-brisas rachado?

 

1. Visibilidade reduzida

Um para-brisas partido pode afetar diretamente o tempo de reação do condutor numa travagem de emergência.

Não é seguro circular com o veículo se o vidro partido do carro não lhe permitir ver a faixa de rodagem.

 

2. Fragilidade na estrutura

Uma das principais funções do para-brisas frontal de um automóvel é proporcionar estabilidade ao tejadilho em caso de acidente.

Num impacto violento é o para-brisas que evita que o tejadilho afunde para os assentos do automóvel.

 

3. Ineficácia do sistema de airbag

Por norma, o sistema de airbag é acionado contra o para-brisas frontal e, se não tiver o vidro da frente em bom estado de conservação, é provável que não funcione corretamente.

 

4. Sistema ADAS

Um vidro partido pode danificar o sistema ADAS (Advanced Driver Assistance Systems) e criar erros na centralina do motor.

 

Qual o preço de um vidro para-brisas novo?

O preço de um para-brisas novo para um automóvel começa nos 80 euros e pode facilmente ultrapassar 1000€, dependendo do veículo em questão.

 

Qual o preço da reparação de um para-brisas?

O preço da reparação de um para-brisas tem um valor médio de 90 euros.

Se o veículo possuir um seguro auto com cobertura de Quebra Isolada de Vidros (QIV), os custos ficam a cargo da seguradora.

 

Qual o valor da multa de um para-brisas partido?

O valor da multa de um para-brisas partido começa nos 99,76 euros e pode atingir os 249,40 euros, segundo o artigo 22º do Código da Estrada.

Este valor dependerá do entendimento do agente de autoridade responsável pelo auto de contraordenação.

Procura saber mais sobre o mundo automóvel? Então siga-nos no Facebook e acompanhe todos os conteúdos que partilhamos diariamente.

 

 

Download_Catálogo.PT_