carros antigos

Carros antigos: Como restaurar o interior

Os carros antigos ou os chamados “clássicos” têm a incrível capacidade de chamar a atenção por qualquer lugar por onde passam. 

É quase impossível não olhar quando vemos um carro destes a serpentear pelas ruas. No entanto, se o seu interior não estiver tão bem cuidado quanto o exterior, este acaba por perder o encanto. 

Se pensa restaurar um carro antigo, priorize o seu interior. Considere 4 passos essenciais. 

 

Carros antigos para restaurar: 4 passos essenciais

Se quer realmente conduzir o seu veículo vintage, com conforto, bem-estar e diversão o interior tem um grande impacto. Com isso em mente, hoje estamos aqui para lhe dar algumas dicas para que possa obter o máximo de um projeto de restauro de interiores de um carro clássico. 

Para começar a restaurar o seu ou seus carros antigos, é importante que faça um inventário às suas ferramentas auto para perceber se precisa de comprar alguma antes de começar a trabalhar.

 

Ferramentas necessárias: 

Lembramos que pode ter a maioria destas ferramentas na sua oficina mecânica em casa.

 

kroftools-subscrevernl

 

1. Liste os itens que vai ter de substituir e os que precisam de reparação

Antes de começar a fazer qualquer trabalho no interior do seu carro, é fundamental que faça uma inspeção completa para determinar o que precisa de ser substituído e o que precisa de reparação. 

Esta vistoria vai ajudá-lo a perceber de quanto tempo vai precisar para este projeto e também lhe vai dar uma previsão das despesas.

 

2. Mãos à obra: piso e tapetes

Agora que já tem as ferramentas e sabe exatamente do que precisa para restaurar a o carro, pode pôr mãos à obra.

Um ótimo lugar para começar a trabalhar nos carros antigos para restauro é o chão. Pode levar muito tempo e esforço para recuperar a forma, e por isso é melhor que o faça antes de começar a reparar outras partes do interior.

Primeiro, avalie a condição do piso e verifique se há muitos danos, e se vai precisar de remover os bancos do carro antes de começar.

Considerando a idade dos carros antigos, os danos causados ​​pela ferrugem em algumas áreas podem ser graves e por isso, talvez seja necessário removê-la. Carros que estejam expostos em áreas costeiras, junto ao mar, ou em zonas com invernos rigorosos tendem a ser especialmente propensos a ferrugem no assoalho e na bagageira.

Depois de cuidar do chão, o próximo passo é instalar uma nova carpete. Mas antes disso, recomendamos a instalação de um forro debaixo da mesma de forma a reduzir os níveis de ruído e calor dentro da cabine. 

 Por fim, pode então fixar a nova carpete, sempre com o máximo de cuidado a medir e a cortar.

 

3. Passe para os assentos, painéis da porta e teto

Para substituir os estofos dos assentos de um carro antigo, tem de decidir quais os materiais que vai usar. Se deseja autenticidade, leve em consideração os estofos originais, que provavelmente serão em camurça, couro, veludo, vinil ou uma combinação deles.

No que diz respeito aos painéis das portas e ao forro do teto, veja bem se precisa de os substituir ou se uma boa limpeza é suficiente. Caso opte pela substituição, tenha cuidado com as zonas que contêm plástico, pois este tende a ficar frágil e quebradiço com o tempo.

Quando se trata do forro do teto, só precisa de ter a certeza de que a superfície do teto está o mais limpa e lisa possível depois de remover o forro antigo. Ao colocar um novo, use um adesivo forte e de alta qualidade. A qualidade do produto é absolutamente essencial.

 

 4. Finalize o projeto restaurando o tablier

 Chegou o último passo da restauração do seu carro antigo: restaurar o tablier.

 Para começar, como nos outros passos, olhe bem para o estado de conservação do mesmo para perceber se deve ser substituído.

 De seguida, desmonte-o e inspecione a cablagem atrás dele. Se os cabos estiverem gastos, considere substituí-los também.

 Se o tablier tiver que ser substituído, tente encontrar um original online ou numa loja local de peças de automóveis.

Caso este ainda esteja em boas condições, pode simplesmente limpá-lo. Para fazer isso, use uma toalha de microfibra para remover toda a sujidade e algumas toalhitas de limpeza de veículos no resto do tablier e no volante.

Agora que terminou de restaurar o seu carro – e assim que estiver tudo bem seco -, pode remontar o interior do seu veículo na ordem inversa.

Ter carros clássicos para restaurar tem tanto de empolgante como de assustador. O mais importante é que assuma este projeto como algo demorado. Reserve tempo e conclua cada tarefa a um ritmo que seja confortável para si e que não sobrecarregue o seu orçamento familiar, ao usar peças e materiais autênticos que consigam refletir o mais fielmente possível a aparência original do interior do carro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.